alimentos que aumentam a libido feminina

Existem alimentos que aumentam a libido feminina naturalmente e ao mesmo tempo têm o poder de dar mais energia, aguçar a memória e até combater a flacidez.

Na lista aqui em baixo eu coloquei vários desses alimentos (e o último é o melhor de todos). Essa lista é especialmente interessante porque eu coloquei nela OS MELHORES alimentos que aumentam a libido feminina. 😀

É isso mesmo. Se consumidos regularmente, eles podem melhorar sua vida sexual!

E sobre esse assunto, não existe ninguém melhor no Brasil para falar sobre vida sexual do que minha amiga Cátia Damasceno. Se você ainda não conhece o trabalho dela, vale a pena conferir depois de ler este artigo.

Além disso, não deixe de conferir também esses outros artigos aqui do blog sobre como aumentar a libido:

LISTA DE 12 ALIMENTOS QUE AUMENTAM A LIBIDO NATURALMENTE

Os 11 primeiros alimentos são excelentes para melhorar a libido feminina…e o último da lista merece uma atenção especial. Ele é considerado o melhor de todos no quesito potencialização sexual, regulação hormonal e excitação. Leia e preste bastante atenção se você ainda não o conhece, e aprenda hoje mesmo o que a civilização inca descobriu há milhares de anos! 😉

1. Aspargos

A vitamina E que os aspargos fornecer ajuda seu corpo a produzir hormônios como testosterona, estrogênio e progesterona, que circulam na corrente sangüínea e estimulam respostas sexuais como o inchaço do clitóris e lubrificação vaginal. E se você ainda não entende direito como funciona a testosterona em mulheres e a sua importância para a vida sexual feminina, veja esse artigo aqui.

2. Pimentas Picantes

Deixando o trocadilho de lado, a capsaicina, uma substância encontrada em pimentas bem picantes, aumenta a circulação e ajuda a obter bombeamento de sangue nas extremidades do corpo, o que estimula as terminações nervosas e faz com que você se sinta mais ligada durante todo o dia.

3. Ostras

Eu sei, eu sei: falar que ostras são afrodisíacas soa muito clichê, mas elas realmente podem despertar excitação. Estes mariscos estão cheios de zinco, um mineral que potencializa a produção de testosterona, e isso em última análise provoca diretamente o aumento do desejo e do desempenho sexual.

Sobre aumento da produção de testosterona em mulheres e a importância de manter o nível desse hormônio em um patamar saudável, não deixe de ler o que coloquei nesse artigo aqui.

4. Romãs

As romãs devem ser amadas pelo grande potencial antioxidante, que protege o revestimento dos vasos sanguíneos e permite que mais sangue passe por eles. O resultado? Aumento da sensibilidade genital e dos níveis de excitação.

5. Melancia

Melancia ajuda a circulação, o que melhora o fluxo sanguíneo. Com isso, todas as partes do corpo que recebem sangue ficam mais vivas (e a região genital é altamente vascularizada). Melancias também são uma boa fonte de antioxidantes, o que melhora a saúde geral e o bem-estar, tornando seu sexo mais participativo e saudável. Ah, um outro ponto bem legal da melancia para o sexo é que ela contém grande quantidade de citrulina, extremamente benéfica para a movimentação e disposição durante o sexo.

6. Abacate

Você nunca pode olhar para abacates da mesma forma agora que você sabe que eles são considerados um alimento afrodisíaco e que potencializa sua libido. Além da abundância de vitamina E que os abacates fornecem, ela vem junto de uma enorme quantidade de energia na forma de gordura saudável para queimar. Que melhor maneira de queimá-lo do que com um belo e delicioso ato de amor?

7. Nozes

Nozes contêm óleos essenciais, zinco e gordura ômega 3 que são bons para o coração e para a circulação sanguínea. Dá pra dizer que as nozes são do time do da melancia e da pimenta.

8. Amêndoas

Amêndoas são uma grande fonte de ácidos graxos essenciais. Estes fornecem a matéria-prima para a produção saudável de hormônios esteróides, dentre eles a testosterona. Se for comer amêndoas cruas, tente germiná-las. Outra opção é esmagar algumas amêndoas frescas e polvilhar na salada para obter a energia escondida dentro da casca.

9. Mirtilos (blueberries) e Morangos

Mirtilos e morangos podem ser considerados dois dos alimentos mais sensuais para mulheres. Morangos contêm grandes quantidades de folato e vitamina C enquanto mirtilos são os melhores antioxidantes encontrados nas terras mais geladas do planeta. Como mirtilos não são muito comuns aqui no Brasil, foca no morango que é bom pro sexo.

10. Limão

De acordo com vários estudos modernos, a vitamina C potencializa e beneficia a saúde geral do esperma nos homens e diminuir o risco de infertilidade nas mulheres.

E não sei se você percebeu, mas os 10 alimentos acima, além de aumentar a libido feminina, também têm outra característica: todos são alimentos LOWCARB.

Se você gosta desse tipo de alimentação, eu criei o Menu do Tiago pra te ajudar. São deliciosas receitas LOWCARB semanais! Clique na imagem abaixo e aproveite o pacote completo!

11. Papaia

Mamão é ótimo para as mulheres porque é essencialmente estrogênio natural. Ele tem os mesmos compostos que o estrogênio encontrado no nosso corpo e dá um impulso agradável na libido feminina.

12. Maca Peruana

A Maca Peruana é uma raiz bastante comercializada hoje em dia em pó. Há registros de utilização desse alimento desde a civilização Inca (3000 a.c. a 1500 d.c.), que usava a maca para aumentar a energia e a força física. Pra você ter uma ideia, a maca era tão importante na civilização Inca que foi usada como meio de pagamento por um longo tempo. (a maca peruana é tão importante quando o assunto é aumentar a libido que também aparece em destaque nesse post AQUI!)

Hoje em dia, a maca é muito popular entre atletas profissionais porque é repleta de nutrientes extremamente benéficos à saúde física (os Incas estavam realmente corretos). Ela age não apenas na disposição física, mas reestabelece e restaura o desequilíbrio hormonal, tanto em homens como em mulheres, especialmente nas mulheres durante a menopausa.

Falando da maca especialmente para mulheres, ela contém nutrientes essenciais para a produção hormonal, razão pela qual é considerada como um adaptogênico endócrino. Um destes nutrientes é o diindolylmethane, um fitoquímico encontrado em muitos vegetais crucíferos tais como brócolis, couves de bruxelas e repolho. Esse fitoquímico atua diretamente no equilíbrio tanto de estrogênio como de testosterona em mulheres.

Mas ela não é uma pílula mágica não. O que a maca faz no corpo é trabalhar em coordenação com o sistema endócrino para normalizar os níveis hormonais. Isso é importante porque para o corpo funcionar bem, ele depende desse equilíbrio hormonal. Manter seus hormônios em equilíbrio é crucial para a saúde geral.

Agora, falando especificamente para quem está na MENOPAUSA, a maca é muito interessante, especialmente porque diversas terapias de reposição hormonal hoje em dia, que usam formas sintéticas de hormônios, têm sido repetidamente ligadas ao câncer de ovário, a acidente vascular cerebral e asma entre outras coisas.

Um estudo de 2006 realizado com mulheres na Califórnia relata que maca pode ajudar a aliviar os sintomas psicológicos e fisiológicos negativos experimentados pelas mulheres na perimenopausa, como a freqüência de ondas de calor, a incidência de suores noturnos, sono interrompido, nervosismo, depressão e palpitações cardíacas. Um estudo anterior também concluiu que, para as mulheres, a maca é capaz de restaurar com sucesso o equilíbrio hormonal nessa fase.

Muitas mulheres se queixam de “nevoeiro cerebral” durante a menopausa, que tem sido associada a níveis hormonais flutuantes. Um estudo sugere que a maca pode melhorar esse tipo de perda de memória. Outros mostram que a maca é um potente agente neuroprotetor, o que o torna um forte alimento no tratamento para ajudar a prevenir ou retardar tipos de demência, e possivelmente retardar a perda de neurônios.

Outra questão relacionada com a menopausa é o aumento do risco de osteoporose. Um estudo mostra que a maca é capaz de ajudar a preservar a densidade mineral óssea enquanto aumenta o crescimento ósseo e os níveis de cálcio no organismo. E quando se trata de redução do ânimo com a vida, que são frequentemente associados com desequilíbrios hormonais, alguns estudos mostram que a maca pode ajudar a reduzir alguns sintomas de depressão.

Pra finalizar, de forma geral a maca é um alimento altamente funcional que tem um enorme potencial para as mulheres que enfrentam mudanças hormonais. Ele tem sido usado por milhares de anos e ainda é um dos melhores remédios naturais para aumentar a libido e melhorar as relações sexuais.

Se você busca uma vida sexual mais ativa e mais saudável, espero que essa lista possa te ajudar com isso. Para mim, a melhor forma de regular promover saúde é através do que a natureza nos dá. Vamos aproveitas que nesse campo da sexualidade ela nos dá alimentos deliciosos!

Um grande abraço!
Tiago Batista

Ps.: e como eu disse ali em cima, se você quer dar uma apimentada na sua vida sexual, o trabalho da Cátia Damasceno, é sensacional! Ela é simplesmente a maior referência do Brasil sobre como melhorar a vida sexual!

Referências:
1 – Artigo originalmente escrito em inglês.
2 – Artigo originalmente escrito em inglês
3 – Artigo originalmente escrito em inglês

O que você achou desse artigo?